Search
  • All Search Results
  • Books
  • Users
  • Groups
  • FAQs

Books

Free eBooks - Language: Portuguese

Here you can find free books. Read online or download eBooks for free. Browse through our eBooks while discovering great authors and exciting books in Portuguese.


Onde nos encontramos?
Francisco Milheiro de Azevedo Onde nos encontramos?

O mundo não é perfeito, mas há lugares que provam o contrário

  • Romance
  • Portuguese
  • 2 Words
  • Ages 16 and up
  • 712
  • 7

This is the story of Miguel and Inês, they met on a bar at the antique zone of Oporto. They fell in love but life reserved them lots of surprises

Keywords: Francisco, Milheiro, Onde, Nos, Encontramos, Miguel, Inês

For Free

A Classe dos Verbos
F. Canário A Classe dos Verbos
  • Education
  • Portuguese
  • 265 Words
  • Ages 0 and up
  • 7582
  • 5

Keywords: Grammar

For Free

Odegrave
Dschauli Odegrave

Impressões atlántidas

  • Poetry
  • Portuguese
  • 296 Words
  • Ages 0 and up
  • 299
  • 5

Portugal: A sua costa alentejana com os seus bares, os seus "alemões" e os seus cães e "Superbock". * * * * * * * * * * * * * * * * * * * * * * * * * *

Portugal: Seine Küste des Alentejo, die dortigen Bars, die dortigen Deutschen und ihre mitgebrachten Hunde und "Sup... Read more...

Keywords: Portugal, Urlaub, Alentejo, Almograve, costa, alemães, alemões, cães, raparigas, pousada, carro, Honda, Almada, portugiesisch, portugiesische Poesie, portugiesische Satire, português, Bock, [more]

For Free

MEMORIAIS DE SOFIA(Zocha)
Lilian Reinhardt MEMORIAIS DE SOFIA(Zocha)

Carroção do Tempo dos Polacos

  • Literary Collections
  • Portuguese
  • 2989 Words
  • Ages 0 and up
  • 584
  • 4

Cada enlace um tom, infinitos acordes, revoa a linha sobre o abismo fundo das travessias, ele vem de longe, sob o toldo a colheita e as sementes da ultima safra e desta assim sucessivamente, as sementes das ancestralidades...

For Free

LÍRICAS DE UM EVANGELHO INSANO
Lilian Reinhardt LÍRICAS DE UM EVANGELHO INSANO
  • Poetry
  • Portuguese
  • 4756 Words
  • Ages 0 and up
  • 341
  • 3

Não me espere cedo chegarei tarde quando a colheita já estiver madura Aviso-te para regues o amanhecer nunca lavro a sós

For Free

Paraíso do Diabo
YOUSSEF RZOUGA Paraíso do Diabo

Tradução do francês por Lilian Reinhardt

  • Fiction
  • Portuguese
  • 11392 Words
  • Ages 0 and up
  • 672
  • 3

Bom dia! Bem, eu li o seu conto e me pareceu interessante. Na verdade vossa história sustem-me porque ela coincide com as minhas convicções. Ela reflete a luz sobre um dos grandes problemas do nosso século, sobre os efeitos secundários da tecnologia, e principalmente sobre... Read more...

For Free

LÍNGUA DE EINSTEIN
Youssef Rzouga LÍNGUA DE EINSTEIN

Tradução do espanhol por Lilian Reinhardt

  • Poetry
  • Portuguese
  • 5953 Words
  • Ages 0 and up
  • 372
  • 3

Uma das figuras mais representativas da moderna poesia árabe e contemporânea ocidental o poeta tunisiano Youssef Rzouga abarca, hodiernamente, com sua profícua obra literária uma dezena de trabalhos críticos e de reflexão escritos sobre a mesma. Nesse contexto rastreante de... Read more...

For Free

Rebellion Anthem
Anderson William Rebellion Anthem
  • Adventure
  • Portuguese
  • 12274 Words
  • Ages 12 and up
  • 409
  • 3

Emily Noah é uma garota entediada com a vida que vem levando. Sempre se mudando constantemente, nunca tendo amigos de verdade. Fora isso ela se sentia incomodada com o fato de não sonhar. Mas sua vida muda drasticamente de uma noite para a outra quando sua mente começa a ... Read more...

For Free

Ernesto Cabreiro
Elaine Bärmann Ernesto Cabreiro
  • Humor
  • Portuguese
  • 3955 Words
  • Ages 12 and up
  • 296
  • 2

Meus primeiros anos na escola? Quem ja os nao viveu? Vergonha, incerteza e o mêdo de errar na primeira pergunta que o professor faz. Um tempo que Ernesto Cabreiro jamais esqueceu e que outras criancas daquele tempo, jamais esquecerao.

Keywords: Ernesto Cabreiro, Portugues, Humor

For Free

MEMORIAIS DE ZOCHA (ii)
Lilian Reinhardt MEMORIAIS DE ZOCHA (ii)

Carroção do Tempo dos Polacos

  • Literary Collections
  • Portuguese
  • 5087 Words
  • Ages 0 and up
  • 723
  • 2

É preciso deitar o ouvido sob o rastro quente do próprio corpo e ouvir junto as coisas existirem. Ele acabou de passar por aqui. Um pouso sobre a pedra, asas em flancos, e a ressonância ganha altitudes.Agora ele é pássaro pousado no horizonte.

For Free


To ensure optimal functioning, our website uses cookies. By using the website you agree to the use of cookies. More info
OK
Top of page